JARDIM DA PISCINA


O Jardim da Piscina

Texto e fotos da Eng.Agr.Miriam Stumpf.

jardim de piscina


Escolhendo plantas para o paisagismo da piscina

Quem tem piscina descoberta sabe que a limpeza e a limpidez da água, assim como a sanidade, são muito importantes.
Plantas próximas no próprio terreno ou na vizinhaça contribuem com folhas levadas pelo vento, que parecem atraídas magneticamente pela água.
   heliconia 
Quando o tempo começa a mudar prenunciando chuva o feliz proprietário encarregado de manter a água limpa sofre um stress ao imaginar o trabalhão que terá depois pra “caçar as borboletas” de folhas com a rede.
Para diminuir o trabalho, o plantio de espécies de plantas de folhas perenes ajuda, além de compor excelente visual nestas horas de lazer junto à piscina com a família e amigos.
Não queremos dizer que o jardim deva ser feito de plantas de folhas rígidas como aloés ou bromélias.
Mas existem muitas plantas ornamentais de ótimo efeito paisagístico que podem ser usadas para o projeto ao redor de uma piscina.
Não é preciso colocar plantas em demasia, basta um maciço com plantas bem escolhidas que darão a nota alegre e colorida ao espaço.


Plantas para piscina nos lugares de clima ameno

Para quem reside em locais de clima mais temperado, o uso de coníferas para uma barreira visual e de vento que servirá de cortina alta, protegendo a privacidade do jardim. Muito usado em paisagismo, o junípero kaisuka (Juniperus chinensis) está sendo bastante usado para este fim. 
   ixora
Plantados a uma distância de 60cm um do outro, em linha, comporão a tela de fundo.

Na frente, a colocação de arbustos com flores, como abélias (Abelia grandiflora)gardênia (Gardenia jasminoides) ou hibiscos (Hibiscus rosa sinensis).
A gardênia tem floração na primavera, já o hibisco e a abélia tem floração contínua.
Para complementar o visual a adição de herbáceas menores, como lantanas (Lantana camara)Ixora (Ixora chinensis) e lavandas (Lavandula dentata), que estão sempre floridas mas com mais flores durante o verão, quando a piscina estará mais em uso.


Plantas para piscina nos lugares de clima mais quente

Para regiões de clima mais quente podem ser usados o hibisco da Síria (Hibiscus syriacus) ou bambus (Bambu gracilis) para a cortina de privacidade, conferindo um ar mais tropical no entorno da piscina.

   palmeira geribá ou jeriva
Também podem ser usadas palmeiras, que conferem aquele ar tropical inconfundível.
Jerivá (Syagus) ou cicas(Cycca revoluta) são facilmente encontradas e também resistem ao frio, podendo ser usadas em locais mais ao sul do país.
Os jerivás tem na verticalidade seu maior encanto, enquanto as outras são muito ornamentais pela forma de suas folhas.
Arbustos ideais para este tipo de clima podem ser a ixora (Ixora coccinea)abélias (Abelia grandiflora)mussaendas (Mussaenda) oumil-cores (Breynia).
Entre as herbáceas as helicônias (Heliconia)a ave-do-paraíso (Strelitzia) ou a orquídea-bambu (Arundina) que não soltam folhas ou flores e fazem belo efeito em um maciço compacto de folhagens.


Coberturas vegetais

liríope
Como cobertura vegetal pode ser boa opção a cinerária (Senecio), de altura média ou uma rasteira, a hera (Hedera) verde ou variegada.
Se a opção for usar mulching de cascas de pinus, não haverá necessidade de bordadura, mas no caso de desejar um arremate para o canteiro, o uso de begônia (Begonia semper florens) ou liríope (Liriope) fará belo efeito.
A begônia pode ser encontrada com folhas verdes ou cor de vinho e as flores em branco, rosa e vermelha.
A opção pela cor de folhas e flores dependerá da cor das outras plantas do conjunto planejado.
O liríope tem suas folhas semelhantes a um capim num tom de verde-prata, muito interessante para arremate do canteiro.

Diferentes composições de canteiros ou formando conjunto de vasos

A indicação destas plantas serve para compor dezenas de jardins, em combinações infinitas.

Formas de canteiros podem ser delineados num desenho esquemático, onde curvas são melhores que linhas retas.
Ao longo do comprimento da piscina poderá haver um canteiro estreito com plantas altas como os juníperos ou hibiscos, mas deve-se procurar reservar algum espaço para compor um maciço de plantas.
Para quem não aprecia muito cuidar de um jardim, o plantio de gramado e vasos com plantas perenes e sem grandes necessidades de manutenção também é uma boa opção. Dentre as plantas aqui sugeridas muitas podem ser cultivadas em vasos, então recomendamos a leitura das fichas para uma escolha adequada.
O jardim ao redor da piscina deve trazer ao observador beleza, tranquilidade e relax, pois é seu momento de desfrutar de um lazer no seu tempo livre.

Fichas Técnicas

Neste artigo estamos incluindo fichas técnicas das plantas que foram citadas:
É só clicar no link que será encaminhado para o grupo pertencente à planta pesquisada.



1) Ficha Técnica do cipreste:Juniperus chinensis L.

Texto e fotos da Eng.Agr.Miriam Stumpf.

 

cipreste kaisuka


2) O cipreste, kaisuka

Nome Técnico:Juniperus chinensis L.
Sin.: Juniperus sheppardii (Veitch) Van Melle
Nomes Populares :cipreste kaizuka. junípero kaisuka
Família :Família Cupressaceae
Origem:Originária da china e do Japão.
Descrição:Conífera de até 6,0 metros de altura.
De forma colunar, tronco marrom acinzentado com fissuras longitudinais soltando finas cascas em forma de escamas, de folhagem verde escura, ramos dispostos de forma vertical e folhas em escamas.
É uma planta dióica, (raramente monóica) , que quer dizer que apresenta flores femininas e masculinas em plantas diferentes.
As flores masculinas são pequenos cones amarelos elípticos que contém o pólen, sendo que as femininas formam frutos arredondados.
Pode apresentar mais de um tronco e alguns tem a forma retorcida, mais um efeito interessante para o paisagismo.
Modo de cultivo :Excelente para lugares ensolarados de clima mais frio, mas pode tolerar climas amenos e litorâneos, não sendo indicada para zonas tropicais do país.
Não é exigente na fertilidade do solo, mas prefere solo mais ácido, bem drenado, então para o plantio recomendamos a adição de composto orgânico de folhas e adubo animal na cova, que deverá ser realizado no inverno para ter sucesso.
Paisagismo:
Muito cultivado em jardins temáticos estilo oriental e italianos, sua forma colunar dá o toque estrutural ao projeto.
Pode ser cultivado em maciços com outras coníferas de menor porte e com coloridos diferentes ou mesmo colocado com arbusto verdes e floríferos, sobre gramados, formando conjuntos ou renques em entradas de propriedades.



Ficha Técnica:Syagus romanzoffinaa


coqueiro jeriva







O coqueiro Jerivá

Nome Técnico:Syagus romanzoffina (Cham.)Glassman
Nomes Populares :Jerivá, coqueiro-jerivá
Família : Família Arecaceae
Origem: Originária do Brasil, ocorrendo nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso até o Rio Grande do Sul.
Descrição:Planta perene, altura de 10 a 15,0 metros de altura, tronco com até 50 cm de diâmetro.
As folhas são grandes, cor verde intenso com até 4,0m de comprimento, compostas e pinadas.
A inflorescência é um cacho comprido, com mais de 1,0 metro, bastante ramificado, com forma pendente, produzindo pequenos frutos globosos amarelos e que são apreciados pelos animais selvagens, o que ajudam assim na disseminação da espécie.
O florescimento ocorre ao longo de todo o ano, mais frequente na primavera até o final do verão.
Cultivo:Aprecia sol, solo rico em matéria orgânica e levemente úmido, sendo recomendado para cultivo em zonas úmidas.
Ambiente e uso decorativo:Muito decorativa, tem sido empregue com bastante intensidade em jardins, ruas e avenidas.
Seus frutos são alimento para diversos tipos de animais, sendo recomendável seu plantio com outras espécies de árvores e arbustos para recuperação de áreas degradadas.

Ficha Técnica:Cycca revolutaa

Texto e fotos da Eng.Agr.Miriam Stumpf.

sagu - cica - cyca revoluta

O Sagu ou Cica

Nome Técnico:Cycca revoluta
Nomes Populares :Cica, sagu,palma-de-Santa Rita, palma–de- Ramos
Família : Família Cycadaceae.
Origem: Originária da Ásia.

Descrição:

Esta planta tem um aspecto arbóreo, no entanto é considerada um arbusto.
É uma das plantas mais antigas do mundo.
O gênero cyca tem mais de 50 variedades, as mais conhecidas são a Cyca revoluta e a Cyca circinalis. 
Pode desenvolver uma altura de 2,0 metros ou mais, mas seu crescimento é muito lento, cerca de 4 cm ao ano.
O tronco lembra uma palmeira, lenhoso a semilenhoso, com ou sem ramificações.
As folhas são dispostas em coroa, são grandes, podem atingir de 1,20 a 1,50 de comprimento por 15 ou 20 cm de largura. 
Os folíolos numerosos são finos e rígidos de ponta aguçada.
sagu em flor
A planta pode ser masculina ou feminina. 
A planta masculina tem no centro a inflorescência, que é uma cone ovalado de 40 cm aproximadamente de cor amarela.
A planta feminina desenvolve no centro uma enorme inflorescência de cor amarela a alaranjada, com lâminas recortadas cobertas por um a penugem marrom.
Cada lâmina apresentará um óvulo que se fecundado se tornará um fruto de cor vermelha quando maduro em formato de ovo.




Modo de Cultivo:
Poderá ser cultivada em todo o país, inclusive nos jardins de litoral.
cultivo do sagu em vasoNecessita de solo fértil, com bom teor de matéria orgânica e úmido. 
Tolera exposição ao sol, mas poderá ser cultivada em locais com sombra parcial durante o dia.







Plantio:

Para plantar uma cica, abra uma cova duas vezes maior que o torrão.
Coloque areia no fundo misturando de leve com a terra do fundo. 
Acrescentar cerca de 2 litros de adubo animal de curral curtido e composto orgânico, misturados com um pouco de areia. 
Plantar a muda e regar. 
Regar todos os dias em que não chover por pelo menos uma semana.
Mudas muito grandes necessitaráo de três tutores para estaqueamento, amarrando de leve para a muda fixar no,local. 
Cuidado para não enterrar o tutor nas raízes.

Cultivo em Vaso:

Pode ser cultivada em vaso e a preparação deste envolve alguns procedimentos.
É necessária a impermeabilização do interior do vaso com pixe, encontrado em casas especializadas de materiais de construção, existem de várias marcas. Aguardar a secagem deste material por pelo menos uns dois dias.
Colocar no fundo do vaso pedrinhas e areia úmida, para garantir a drenagem. 
Por cima poderá ou não colocar um pedaço de manta geotêxtil ( manta de não-tecido).
Colocar uma mistura de adubo animal de curral bem curtido, composto orgânico e areia em partes iguais. 
Plantar e completar com a mistura. 
Caso este vaso seja para cultivo em interiores, não usar o adubo animal. 
Substituir por adubo granulado NPK formulação 10-10-10, cerca de 100 gramas por vaso. Misturar bem o adubo com a terra de plantio. Após terminar, regar.

Pragas comuns:

Para fazer a manutenção desta planta, estar atento à presença de formigas e de cochonilhas, que costumam atacar a planta.
Caso surjam, usar óleo de nim dissolvido em água pulverizando em toda a planta.
Para adubar, dissolver 1 colher de sopa de adubo granulado NPK formulação 10-10-10 em 1 litro de água e regar o solo do vaso que deverá estar úmido.

Por que algumas inflorescências são cortadas na Cica?

A planta que tem a parte central em cone é a planta masculina, onde haverá o pólen para as flores femininas. 
No mercado seu preço é mais que o dobro da planta feminina, pois propicia a polinização com a consequente obtenção de frutos.

Se chegou a ver alguma planta destas com as folhas cortadas provávelmente seja porque insetos do tipo cochonilha atacaram, infestando a planta. 
O ataque danifica as folhas, com manchas amarelas em pontuações, muito prejudiciais ao desenvolvimento e beleza da planta.
Um dos métodos de controle  é cortar as folhas, a planta emitirá novas em pouco tempo.Somente por este motivo são cortadas.

Paisagismo:
Uma das plantas mais utilizadas atualmente em paisagismo, sómente perdendo para o Buxus.

Em vasos grandes na entrada de empresas ou condomínios conferem um ar dispendioso ao ambiente Talvez porque realmente as mudas grandes são muito caras.

Para um jardim pequeno não é muito recomendável porque ao crescer, a coroa de folhas fica com seu diâmetro até de 2,0 metros. 
Mas para quem tem espaço é muito interessante sua adição.

Em canteiros redondos, colocar plantas rasteiras bem coloridas ao seu redor ou cobertura vegetal de folhagem colorida para um efeito interessante e que não necessitará de manutenção.

Produção comercial de Cyca

A produção de cicas baseia-se principalmente em separação dos filhotes e rebentos que surgem junto ou no próprio tronco.
Retirar com cuidado para não danificar o tronco da matriz e plantar em substrato igual ao recomendado para plantio, em sacos ou vasos.
A melhor época é o inverno ou na estação das chuvas.

Nenhum comentário: